ACESSIBILIDADE

Iacanga

Município de Interesse Turístico

Iacanga

Iacanga, de raiz tupi, significa “Nascente de Água” ou “Olho d’água”, tem sua origem por volta de 1804 com a posse das terras pela família Rodrigues de Campos. Contudo, naquela época, havia uma tribo de nome Iacangues, que já ocupava a região e obrigou a família Rodrigues de Campos a abandonar suas terras e, somente em 1879, a região voltou a ser colonizada.

Com o desenvolvimento do povoado, em 1905, foi promovida a primeira festa religiosa que angariou fundos para a construção da capela de São João Batista, o que vem a constituir o Patrimônio de Ribeirão Claro. Já em 1909, através de Decreto Estadual, o povoado foi elevado à categoria de Distrito de Paz, este formado por terras do município de Pederneiras ao qual pertencia, dando origem assim ao nome, IACANGA.

Através de um novo Decreto de Lei Estadual de nº 2026, em 27 de dezembro de 1924, o distrito é elevado à categoria de município, emancipando-se e firmando a denominação de Iacanga.

Finalmente em 15 de abril de 1925, Iacanga instala-se e festeja sua emancipação política administrativa como município e logo começa a evidenciar suas características como sendo uma localidade turística.

Constituída de belas paisagens naturais e sendo contornada por um braço do Rio Tietê, ela é carinhosamente chamada de a “Namorada do Tietê”.

Iacanga, privilegiada por sua excelente localização, na região central do Estado de São Paulo, também pertence à Região Turística Caminhos do Tietê.

A “Namorada do Tietê” apresenta potencial e ações reais para os segmentos turísticos de cultura, náutico, ecoturismo, rural, negócios, gastronômico, sol e praia e eventos.

Entre suas maiores riquezas naturais, o destaque vai para os rios Ribeirão Claro e o Rio Tietê, propícios para atividades e esportes náuticos e também a água mineral que possui excelente PH com fins terapêuticos e medicinais, que retirada do subsolo de uma localidade do Bairro Quilombo.

O potencial turístico de Iacanga e suas belezas naturais apresentaram a possibilidade e o diferencial de nela ser construído um dos mais belos aquários de água doce do Estado, o Aquário Escola Tietê, que tem em seus vários tanques, diversas espécies nativas e outras inseridas do Rio Tietê.

Palco de grandes eventos, Iacanga foi sede de várias edições do Festival Águas Claras, nas décadas de 70 e 80, evento este que teve relevância no mercado de eventos musicais, nacional e internacional, pois chegou a ser  conhecido como “Woodstock Tupiniquim - Woodstock Brasileiro” e que igualmente foi o precursor e a inspiração para o “Rock in Rio”. Considerado como um dos maiores eventos já realizados no município, este evento reuniu grandes nomes da música brasileira da época e tornou a cidade famosa nacionalmente, pois se estima um público de dez vezes mais ao tamanho da população. Recentemente, foi divulgado através do documentário, o Barato de Iacanga, produzido por Thiago Mattar e exibido nacional e internacionalmente.

Na evidente vocação para o turismo, Iacanga também conta com uma diversificada atratividade turística, que vão desde atrativos como o Lago Municipal José Seghimatz, que se tornou o cenário ideal aos eventos da cidade, assim como os eventos culturais, como a Festa do Peão de Boiadeiro que já categorizou a cidade como a sendo “Barretinho” em menção a cidade de Barretos onde se tem a maior festa do peão do país, também com os eventos religiosos como quermesse do Padroeiro São João Batista, e eventos de esportes e aventuras como o Festival de Aventuras que vem ganhando espaço e o gosto da população local assim como dos turistas apaixonados por Iacanga.

Além de possuir espaços de lazer como pesqueiros, camping, restaurantes com gastronomia variada, prato típico, praça de alimentação na entrada da cidade, a Praça das Rosas, há também o comércio da água mineral produzida e envasada direto na fonte, assim como o mel e os famosos queijos quilombo, produzidos  industrializados e comercializados também no Bairro Quilombo.

Iacanga também se caracteriza pelo turismo propício de veraneio ou segunda residência, com muitos ranchos e casas edificadas às margens do Ribeirão Claro e Rio Tietê sendo receptiva principalmente em épocas em que sediam eventos náuticos, como a Procissão Náutica e Cruzeiro Hidrovia Tietê, promovido através da Associação Brasileira de Velejadores de Cruzeiro – ABVC Interior Sudeste. Já com várias edições, Iacanga também sedia um dos eventos paulista de MTB Cicloturismo, no qual os amantes deste esporte, desfrutam das diversas trilhas em toda área rural, apreciando o acolhimento e receptividade dos moradores locais.

Muito se tem a explorar em Iacanga, muito se tem a viver em Iacanga.

Visite Iacanga!!!